Muitas imagens da arquitectura foram «iconoteologia». Many images of ancient and traditional architecture were «iconotheological». This blog is to explain its origin.
12.7.18

Estamos ainda hoje a referirmo-nos a um post escrito em 22 de Junho passado. 

 

No título escrevi que tinha adorado aquela informação: ou seja, saber da existência de um perfume cuja embalagem, no seu design (e respectiva concepção) se tinha empregue iconografia antiga.

 

A mesma Iconografia que há séculos está (foi) associada ao sagrado, também à Nobreza e às Monarquias, e nos levou a chamar ICONOTEOLOGIA a este blog. 

 

Porque aqui se quer provar - indo mais longe do que já deixámos em Monserrate* -, a génese Teológica (cristã) da maioria das formas empregues na Arte Ocidental, e que por isso passaram à Arquitectura. Talvez a mais perene das Artes?

Também a que mais facilmente (ou a única) recebe iconografia geométrica e abstracta?

 

Por isso passamos já a um exemplo, muito rico e muito «falante» que é o retrato de D. Sebastião do MNAA.

d-sebastiaoreduz-inv-1165-pint-MNAA.png

Retrato cuja descrição se pode ler aqui, mas da qual também realçamos uma imensa falta de informação, patente no (muito pouco) que foi escrito ou consta nessa descrição.

 

Concretamente, enquanto nós já investigámos e aprofundámos - repetidamente - esta temática, e por isso estamos cientes do valor significante da iconografia empregue no traje com que o rei foi retratado**; lamentavelmente, diz essa nota descritiva do MNAA, que o traje real tem desenhos geométricos.

Está escrito isto (leiam) "armadura tauxiada ricamente decorada a ouro com motivos geométricos,...”

 

"E pronto já está!", "ficou dito", dizemos nós. Pois eles - os responsáveis do MNAA -, "são uns pobrezinhos que nos fazem pena, pois não sabem mais do que isso! Taditos...!"

 

Não sabem que há varandas com esta iconografia, em ferro; que há grades de grandes portões, no Terreiro do Paço (i. e., na P. do Comércio).

Não sabem que está também em pinturas de Nuno Gonçalves, ou também, pelo menos, numa obra de Rafael no Vaticano!?

'Tadinha mesmo, uma pobre de uma Iconografia, que para os (ir)Responsáveis desta área Cientifica, não vai além da referenciação (ou designação) como simples "motivos geométricos" ! Obrigada senhores doutores...

Isto é, e agora na troça que queremos fazer*** - usando a terminologia de Vítor Serrão (prof. de História da Arte na FLUL...) -, "uma pobrezinha de uma Iconografia que não tem qualquer fortuna crítica"!

 

Ou seja, da qual ainda ninguém tratou - como sucede connosco, e os nossos estudos -, porque o mesmo Vítor Serrão achou que podia esconder (o Sol com a peneira...), até quando? .

 

Uma ICONOGRAFIA que aqui se amplia, provando como imagens que poucos conhecem, ou sequer as contextualizam (!), no entanto, na actualidade, podem servir o design...

E ainda bem!

d-sebastiaoreduz-inv-1165-pint-MNAA-C.png

Podem - como no post de que tanto gostei, do Luís Chimeno Garrido. Podem por exemplo, valorizar um frasco de perfume, e a essência que contém

 

*Ver em Monserrate uma Nova História, por Glória Azevedo Coutinho, Livros Horizonte, Lisboa 2008.

**É verdade que está escondido, mas aí a culpa não é nossa. Já que, por exemplo, para que haja sucesso nas investigações há que estar e trabalhar com entidades idóneas. E entre os vários aspectos que contam para a qualidade das investigações, além da saúde (física e das condições do investigador) estão as qualidades das instituições em que estamos inseridos e a trabalhar. Mas enfim, não escolhemos, não podemos preferir/definir, as qualidades dos que nos têm «comprado»

***Deste país «sequioso de inovação» (dizem eles). Destes designers, destas áreas científicas onde a seriedade é quase zero!

Não fora os honestos, que os há, mesmo que cada vez mais, eles/nós, sejamos apoucados, todos tornados em «cada vez menos»... 

 

Em suma: hoje aqui um D. Sebastião cheio de "arabesques", quando certamente esse motivo decorativo ainda não tinha tal designação

link do postPor primaluce, às 00:00  comentar

 
Primaluce: Uma Nova História da Arquitectura
Julho 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

blogs SAPO