Muitas imagens da arquitectura foram «iconoteologia». Many images of ancient and traditional architecture were «iconotheological». This blog is to explain its origin.
1.4.14

Foi em Jacques Le Goff, e especialmente no seu trabalho Em Busca da Idade Média, tradução portuguesa da Teorema, Jan. 2004, que encontrámos as mais importantes informações sobre a questão do Filioque. 

E foi na nossa tentativa de a compreendermos que usámos esquemas, e chegámos à Mandorla e ao Arco Quebrado. É também da autoria de Jacques Le Goff a ideia de uma Idade Média que chegou ao século XVIII: e com esta sua ideia terá aberto caminho a outros?

Foi reconhecido e premiado, como consta na noticia do Público*:

"Em 2004 recebeu o prémio de história  Dr A.H. Heineken por “ter modificado de forma fundamental” a percepção que tínhamos da Idade Média."

Será que A História da Arte no Ocidente de Martin Kemp já lhe deve (não sabemos) a organização e um índice inovador? Em que o período de 410 a 1527 é designado, genericamente, como o do "Estabelecimento de uma Cultura Visual Europeia".

Em suma a ideia que hoje defendemos, de uma génese religiosa da Arte Europeia - a que chamamos Iconoteologia - não é senão o (nosso) encadear dos contributos que recolhemos em vários autores. 

E a Jacques Le Goff ficámos a dever imenso...

 Concretamente o significado da imagem acima: muito antes de o termos lido em João Pedro Xavier e Domingos Tavares. Vindo de António Rodrigues, Renascimento em Portugal, Dafne Editora, 2007 (ver p. 105) 

*http://www.publico.pt/cultura/noticia/morreu-o-historiador-jacques-le-goff-1630555

Ver também:

http://iconoteologia.blogs.sapo.pt/vindo-de-primaluce-43991

link do postPor primaluce, às 13:00  comentar


 
Primaluce: Uma Nova História da Arquitectura
Novembro 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

blogs SAPO