Muitas imagens da arquitectura foram «iconoteologia». Many images of ancient and traditional architecture were «iconotheological». This blog is to explain its origin.
23.4.15

...Sabemos que em geral, as janelas - cada uma por si, nos edifícios em que existem - foram objecto de estudo (ou de estudos).

Não é portanto difícil de imaginar que as janelas da fotografia seguinte*, por mais banais que possam parecer, também tenham sido estudadas. Tanto mais que, como se diz na informação, vêm de edifícios públicos que são/eram Estações de Caminho de Ferro**.

Por nós, sabemos, de uma qualquer viagem de comboio para o Porto, que há ainda estações extremamente bonitas, mesmo que muito arruinadas são exemplares que mereciam ser conhecidos e depois talvez também trabalhados e preservados?

Porque, se em geral alguns sabem da qualidade arquitectónica das Estações de Comboios, particularmente as de Inglaterra, onde (por razões que já escrevemos) existem muitas obras marcadas pela iconografia do Gótico - e essas são declaradamente obras Gothic Revival - o mesmo se passou se entre nós, embora com a décalage que é habitual.

Na imagem não há arcos quebrados, mas há/houve (para nós isso é legível) design: são diferentes as tipologias dos vãos, assim como os edifícios apresentam diferentes geometrias e materiais.

Como serão diferentes, ao nível dos detalhes, os pinázios, as fichas (dobradiças); os fechos - seriam cremones (ou fechos de correr?), e ainda fechaduras (de chave), mas também as travessas e os painéis opacos entre travessas e couceiras, geralmente chamadas «almofadas».    

 
 
Em suma, há/houve toda uma anatomia, que diríamos ser funcional, mas que, como a esta fotografia mostra, também seguiu regras formais, definidas pela geometria.
**Isto é, de edificios destinados a Serviços Públicos, e que portanto de acordo com lógicas que  vinham de trás (mas no século XIX foram ampliadas) deveriam obedecer a regras de conveniência formal/oficial
link do postPor primaluce, às 00:00 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




 
Primaluce: Uma Nova História da Arquitectura
Abril 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30


tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO