Muitas imagens da arquitectura foram «iconoteologia». Many images of ancient and traditional architecture were «iconotheological». This blog is to explain its origin.
20.1.19

Ou seja, referimo-nos à fusão da Concha com a Pomba.

Ambos os elementos (naturais) tornados Sinais ou Símbolos do Baptismo, e do Espírito Santo, que o novo Cristão recebe ao ser baptizado.

No caso desta imagem - tal como a do post anterior proveniente de Ravenna, mas esta do Mausoléu de Galla Placídia.

Para nós é especialmente curioso que a composição inclua ainda os 3 círculos entrelaçados que vieram a ser empregues, vários séculos mais tarde, por Joaquim de Flora.

Na sua explicação (e como ele interpretou, no tempo, PAI, FILHO e ESPÍRITO SANTO...) sobre a Trindade*.

Concha-Pomba.jpg

Se na composição do post anterior a pomba transporta suspensa uma coroa (votiva, embora também possam ser as penas da cauda...?), neste caso a cabeça da pomba pende, e vê-se bem.

Além disso as asas abrem-se - paralelas ao arco (conformam-se, por dentro) - e depois, de uma maneira «tendencialmente abstracizante» as penas da cauda** parecem multiplicar-se. Sendo em simultâneo, como raios, não só as penas da Pomba, mas também como as nervuras que uma Concha normalmente (também) apresenta.

Imagem vinda de Ravenna Capital of Mosaic (ver p. 17). Salbaroli Publications, Ravenna, 1988.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

*Assunto de que já escrevemos, mas que estará sempre incompleto, tal é a sua dimensão.

**Estas Penas - que são chamadas Remígios, lembram-nos que Rémy - o Bispo de Reims que baptizou Clóvis - talvez não por acaso, o seu nome latino, Remígio, fosse desde logo uma forma de invocar o Espírito Santo?

Faz-se esta pergunta, por não deixar de ser curiosíssimo o facto do Bispo que baptizou o primeiro rei católico francês (com a lenda que está associada ao seu baptismo, a pomba que trouxe a ampola com os óleos, etc., etc., e ainda antes a sua conversão do arianismo para o catolicismo...); em toda esta estória é mesmo muito curioso que bispo se chamasse Remígio (?!)

Poderá ser só uma coincidência, mas esta é tão forte (ou tão enfática?), que dificilmente se esquece ou deixa passar em claro...

link do postPor primaluce, às 23:00  comentar

 
Primaluce: Uma Nova História da Arquitectura
Janeiro 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


tags

todas as tags

blogs SAPO