Muitas imagens da arquitectura foram «iconoteologia». Many images of ancient and traditional architecture were «iconotheological». This blog is to explain its origin.
1.12.13

Queiramos ou não (?), como disse José Saramago e há registo disso*, estamos – "Os meus valores e tudo isso..." (foi assim que o disse) – “...estão empapados de Cristianismo”.

A expressão não é bonita, mas talvez também não seja propriamente feia? É uma realidade que todos constatamos, dizendo-o de diferentes maneiras...

Acontece que a partir desta constatação muitas outras mais são dedutíveis.

A UIA – União Internacional dos Arquitectos escolheu, para o ano de 2013, a relação Cultura-Arquitectura.

Naturalmente, quem conhece os propósitos dos blogs em que escrevemos – Primaluce e Iconoteologia – neste ponto já terá compreendido aonde queremos chegar:

À lembrança de que essa fortíssima relação Cultura-Arquitectura tem antecedentes: num tempo em que a humanidade não se concebia a si mesma sem Deus. Assim, a justificação que se pode ler em - http://www.hkia.net/UserFiles/Image/BExA/uia/CP_JMA_2013.pdf - para o aprofundamento e celebração da relação Cultura-Arquitectura, expressa nos seguintes termos:

The ties that bind architecture and culture together are a constant subject of analysis and discussion, probably because both are such vibrant fields in and of themselves.

Claro que a justificação existente na frase - "...ties that bind architecture and culture..." -  está, sem dúvida, a incluir a Cultura. Mas, segundo nos parece, está a faltar-lhe o essencial: aquilo que muitas vezes é considerado diferenciador das várias culturas entre si? Esse algo essencial parece ser a religião (?), e quem escreveu o texto ainda não se apercebeu dessa caracterização, daquilo que talvez falte...

Há-de enconrá-la, se continuar a esforçar-se...?

 
Convento do Carmo, excerto recortado na paisagem vista da Graça
Um Convento para Saramago, e dois Quadrifólios, para dois edifícios lado-a-lado. Quadrifólios que nos lembram outros textos de Saramago, ou algumas das traduções que fez, incluindo a noção de uma "Kalocagatia"

*Em https://blogaiep.wordpress.com/tag/saramago/ pode-se ler: “A razão converte o ceticismo em retórica brilhante, quando contesta a existência de Deus, no lançamento do polêmico Caim, em 2009: “Os meus valores e tudo isso estão empapados de cristianismo. Às vezes dizem-me:  ‘Por que é que você, que é ateu, se preocupa tanto com Deus, ou se ocupa dele tantas vezes?’ Porque Deus está aqui...”

http://primaluce.blogs.sapo.pt/119941.html

voltar a: http://primaluce.blogs.sapo.pt/

link do postPor primaluce, às 18:00 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



 
Primaluce: Uma Nova História da Arquitectura
Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
31


tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO