Muitas imagens da arquitectura foram «iconoteologia». Many images of ancient and traditional architecture were «iconotheological». This blog is to explain its origin.
4.12.22

Como é sabido, neste tempo em que vivemos as religiões estão fora de moda..

Portanto, azar o nosso, termos ido à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa - estudar o Palácio de Monserrate - e por ele termos concluído (ainda durante os estudos) que a cultura cristã, claro que alicerçada, principalmente, na base grega e romana, esteve na génese daquelas que, ainda hoje, são consideradas as formas-base da arquitectura do Ocidente. 

Incluindo «a nível oficial», e também com fórmulas diferentes para as monarquias e para as repúblicas: 

Falemos nós da sede do Governo em Ottawa, ou por exemplo, dos edifícios dos Parlamentos húngaro (Budapeste); ou ainda, claro, o Parlamento do Reino Unido. No caso deste, em Londres - as Houses of Parliament  foram referidas, directa, e propositadamente, no trabalho que fizemos*. 

Mas também o edifício do U.S. Capitol, em Washington D.C, embora mais classizante, tem marcas e sinais típicos europeus: i. e., ocidentais, cristãos (que participaram de uma ou várias sínteses e simbioses que sempre se fizeram).

Porém, o assunto de hoje, é bastante anterior (no tempo) - apesar da abertura que se fez, e da maior extensão das notas abaixo. Porque é, ainda, e de novo, uma outra pergunta que está subjacente.  Vem na sequência das já colocadas, sobre a Concha.

Concretamente, porque no Mausoléu de Galla Placídia, em Ravenna - ver no tecto -, e desde que avançámos nas nossas investigações, nos apercebemos da existência de círculos; semelhantes aos que Joaquim de Flora usou (mais tarde) para explicar aquilo a que agora, e muito resumidamente, se poderia chamar "Tempo Trinitário" **.

 

Seguem-se 3 imagens, em aproximação crescente.

Note-se como demonstram a necessidade, absoluta, que todos temos, ao investigar, de que existam boas fotografias.

 

Não estivemos no local, mas mesmo que isso tivesse acontecido, claro que o tempo de estudo tem que ser lento, e de rememoração sucessiva: pois há que pensar nas questões implícitas.  Aliás, muitas destas imagens, como vários autores/autoras têm escrito tinham objectivos mnemónicos.

 

Claro que temos dúvidas, se a imagem representa - exclusivamente - uma Concha ? Como se indica na  última ampliação (com a seta). Isto é, por termos em consideração a forma que foi colocada no centro da composição, e sobre os círculos. O que representa, o que terá representado ?

 

Resta acrescentar que a imagem provêm de Alta Idade Média e Românico, Lisboa 2006, Edições Público (p. 47)

TectoGallaPlacídia-2-B.jpg

TectoGallaPlacídia-1-B.jpg

TectoGallaPlacídia-1-C.jpg

* O tal super-incomodativo, que levou os professores a expulsarem-nos da FLUL. E também, a toda a desorientação com que fomos «presenteados» na FBAUL, por um orientador muito pouco profissional...

Ver mais do que eles vêem (os profs. catedráticos), como se percebeu, não era uma pecha pequenina. Mas um gravíssimo pecado! Claro que ao prosseguir, como sempre fizemos - na prática desde 2002 - hoje sabemos das questões de conveniência e décor, de que já Vitrúvio escrevera. E que na arquitectura tradicional, nunca abandonaram a prática projectual/construtiva (o que talvez seja uma constante nas monarquias...? Não sabemos). 

Mais, este assunto até nos levaria (por exemplo) a Regina Anacleto e ao que escreveu (porque não os  entendeu) sobre os contributos, respectivamente, de Possidónio da Silva (arquitecto português) e de Wilhelm Eschewege (engenheiro de minas, alemão), para a obra imaginada por D. Maria II e D. Fernando II, para o Palácio da Pena.

Afinal, o caso que é em Portugal - salvo melhor opinião -, o exemplo maior de obra medievalizante/gótica que a realeza oitocentista chegou a construir.

** Círculos que são os mesmos que, esquematicamente, traduziram em desenho, a concepção do dogma católico designado como "Filioque ".

 

Enfim, este post é também uma sequência, e continuidade, de um comentário que há dias se deixou (ver abaixo), sobre o papel fundamental da  Bíblia na cultura ocidental...

... E da qual a arquitectura faz parte. 

,FB-FredericoLourenço.bíblia-3.jpg

 

link do postPor primaluce, às 13:30  comentar

 
Primaluce: Uma Nova História da Arquitectura
Dezembro 2022
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO