Muitas imagens da arquitectura foram «iconoteologia». Many images of ancient and traditional architecture were «iconotheological». This blog is to explain its origin.
12.2.17

No post anterior referimos os Ideogramas Medievais, por sabermos como no Renascimento, e depois no Barroco, muitas das formas antiquíssimas do cristianismo voltaram a ser empregues.

E se na Idade Média, os edifícios foram caixas, como escreveu L.Battista Alberti, alguns com a forma desses ideogramas, ou onde essas mesmas formas foram inseridas - como ornamentos; se..., já no período renascentista (tardio), e no tempo do barroco, nessa época o enorme desafio para os criadores arquitectos (ou architectores, como foram chamados) passou a ser o de conferir tridimensionalidade a formas que nasceram apenas no plano.

Como já mostrámos em Monserrate uma Nova História (ver figuras na p. 272), e em vários posts dos nossos blogs, um dos melhores exemplos (que conhecemos) desta operação de transformação do desenho em volumetria, é uma obra de Guarino Guarini. Mais concretamente o caso do tecto e cúpula de S. Lorenzo de Turim.

Consideramo-lo fascinante, pelo que se aconselha a que procurem imagens melhores do que aquelas que integrámos no nosso trabalho.

Finalmente se quiserem conhecer alguns óptimos exemplos de ornamentos medievais, nascidos de ideogramas (e outras formas nascidas no seio do cristianidsmo, sempre em evolução), aconselhamos este que é talvez um dos melhores sites dedicado a esta temática.

Formas que, nalguns exemplos - mais geométricos e repetitivos - ainda hoje se podem ver em obras modernistas. Porque razão? Algum dia saberemos?

 

 

link do postPor primaluce, às 13:00  comentar

 
Primaluce: Uma Nova História da Arquitectura
Fevereiro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
16
17

19
20
21
22
24

26
27
28


tags

todas as tags

blogs SAPO